Esta cápsula viajará por seu intestino para descobrir por que você tem gases

Está equipada com um computador em miniatura

Todo mundo tem gases de tempos em tempos. Mas há pessoas que sofrem de forma crônica, o que se torna um problema muito chato para quem o sofre. Os gases intestinais podem ocorrer por várias causas, embora o processo de digestão dos alimentos costuma ser uma das mais frequentes. Por exemplo, o nosso corpo não processa a fibra, o que faz com que o intestino reage aos alimentos que a contêm em abundância, produzindo gás.
Saber a causa exata que provoca os gases intestinais é algo básico para dar o tratamento adequado para este problema. E para obter um diagnóstico mais preciso, pesquisadores das universidades RMIT e de Monash, na Austrália, criaram esta microcápsula que pode viajar até ao nosso intestino. Mede 22 milímetros de comprimento por 9 de largura, e está equipada com um sensor de temperatura, uma pequena computador, baterias, antenas e um transmissor de radiofrequência, com o qual são enviados os dados que recebe.
Sua função é medir a atividade de micróbios intestinais durante a fermentação dos alimentos, e detectar quais quantidades de oxigênio, hidrogênio e dióxido de carbono produzidas em cada momento do processo. Com essa informação, os pesquisadores podem identificar quais são os causadores específicos dos gases intestinais e propor as alterações adequadas na dieta do paciente para resolver o problema.

Os sintomas da bactéria que come carne podem ser confundidos com os da gripe

Esse erro é mais comum do que parece

Fonte: Wikipédia.
Acaba de conhecer-se o caso de uma mulher do Arizona, que foi diagnosticado, erroneamente, uma gripe, quando, na realidade, o que tinha era uma infecção causada pela bactéria chamada comercane. A mulher recorreu a um centro hospitalar com sintomas que, em princípio, não parecem excessivamente anormais: febre, dor de cabeça, náuseas ocasionais, e um pouco de dor no flanco. Os médicos lhe receitou antibióticos e a mandaram para casa.
Mas, longe de melhorar, a situação da doente, foi piorando e, em poucos dias, apareceram em seu corpo várias úlceras sangrantes, o que motivou que voltasse ao hospital. Foi então quando lhe diagnosticaram que realmente sofria de uma fascite necrosante. Trata-Se de uma infecção aguda, que se espalha pelo tecido celular subcutâneo, produzindo uma rápida necrose. A fascite necrotizante pode afetar qualquer parte do corpo, mas é mais frequente nos membros, especialmente nas pernas.
Embora comumente se fale de bactéria que come carne, realmente teria que falar de bactérias, já que esta grave condição pode ser causada por vários microorganismos, entre eles os estreptococos do grupo A, a Clostridium, a Escherichia coli, Staphylococcus aureus e a Aeromonas hydrophila.
Em alguns casos, os sintomas provocados por esta infecção pode ser confundida inicialmente com os da gripe, o que dificulta o correto diagnóstico. Isso é muito grave, já que a detecção precoce pode reduzir mais de 50% o risco de morte por esta causa. No caso da mulher do Arizona, sua vida não corre perigo, mas foi preciso uma intervenção para extirparle 30% do tecido infectado.

Como é a dieta Sirtfood o milagre para perder peso?

Seus criadores prometem uma perda de até 3 quilos durante os primeiros 7 dias em um regime baseado em shakes “verdes” e refeições que o chocolate e o vinho são permitidos

O nome não é novo, já que nos últimos 10 anos, a “Sirtfood” (alimentos Sirt) tem estado na boca de muitos nutricionistas como remédio para o rejuvenescimento celular do nosso corpo. Mas foi no último ano e meio, quando se tornou moda, graças a duas nutricionistas britânicos, Aidan Goggins e Glen Matten, colegas da Universidade de Surrey, viram que, além de ajudar a regeneração de nosso corpo esta alimentação também ajuda na perda de peso. Mas, o que é exatamente a “Sirtfood”?
Tratam-Se de alimentos que aumentam de forma indireta, a atividade das sirtuin, algumas proteínas que regulam diversos processos biológicos, como o envelhecimento, a morte celular, inflamação e metabolismo. Daí que priorizar o seu consumo pode ser uma ajuda na hora de emagrecer. Segundo os pesquisadores, os seus efeitos são semelhantes aos que provoca o jejum, processo durante o qual as reservas de energia do nosso corpo ativam estas enzimas (que eles descrevem como o ‘gene magrela’). É então quando as nossas reservas de gordura deixam de acumular lipídios e nosso corpo parar o seu crescimento normal e ativa o modo “sobrevivência”.
Os alimentos mais comuns nessa dieta e que ajudam no processo de emagrecimento são o azeite, as cebolas vermelhas, salsa, morangos, nozes, maçãs, alcaparras, o chocolate preto e o vinho.

O que é dieta?
Não parece que possa ser complicada, mas isso terá que essas perguntas para o nosso estômago quando a experimente. Baseia-Se em duas fases: a primeira é a mais forte e a que é mais difícil de transportar, porque é um regime estrito de 1.000 calorias diárias (o que representa a metade ou menos do que é recomendado para um adulto). Consiste em 3 dias em que você só pode tomar 3 sucos compostos de produtos como couve, aipo, rúcula, salsa, chá verde e limão e apenas uma refeição forte diária rica em produtos que favorecem a ativação das sirtuin: escalope de peru com sálvia, manjericão e salsa, o curry de frango e couve ou camarões refogados com macarrão de trigo sarraceno.
Os seguintes quatro dias, até que termine a semana, aumenta o número de calorias até 1500 e se combinam dois sumos e duas refeições. A próxima fase é a de manutenção e dura duas semanas, onde se começa a notar mais a perda de peso, elas se pede que se tome um suco por dia e fazer 3 refeições diárias, onde são usados produtos que estimulem a criação de sirtuin.
Uma dieta em que se perde tão rápido peso poderia fazer crer que também se perde massa muscular ao mesmo ritmo, mas segundo seus criadores, isto não acontece. Isso sim, dizem que é recomendado fazer pelo menos 30 minutos de exercícios diários, 5 dias por semana para melhores resultados.
O que dizem os nutricionistas?
Apesar de terem recebido o favor de muitos colegas de profissão, há outros que advertem sobre sua eficácia. Segundo eles, este tipo de dietas rápidas, em que se perde peso com tanta rapidez não são muito recomendados, pois garantem que o “efeito rebote” será muito mais forte, uma vez que se deixe o ritmo de alimentação que pedem. A nutricionista Emer Delaney adverte que “de acordo com minha experiência, os primeiros 3 quilos que prometem serão de líquidos, mas queimar gordura, leva tempo, e estou certa de que com esta dieta não se consegue. É necessária uma dieta equilibrada com alimentos de baixo teor em gordura e ricos em proteínas, assim como legumes e fruta”. De fato, muitos dos alimentos que eles recomendam já fazem parte de uma dieta equilibrada.
Seja como for, se você está pensando em levar a cabo uma dieta, lembre-se sempre que deveis falar antes com um médico ou especialista.
Fonte: BBC | Sirtfood
Tags: dieta, proteínas e sirtuin.

O Bikram Yoga não traz mais benefícios do que o tradicional Mas também não menos

Uma investigação revela que tem os mesmos benefícios de fazer os exercícios com muito calor ou à temperatura ambiente

Embora o Bikram Yoga nasceu em 1970, em Espanha tornou-se uma tendência majoritária desde há pouco mais de uma década. Trata-Se de uma prática que consiste em aulas de 90 minutos, em que se repetem sempre as mesmas 26 posturas mais alguns exercícios de respiração. Mas, o que o caracteriza, especialmente, é que o treinamento é realizado em salas com uma temperatura de cerca de 40ºC. A ideia é que o calor, além de ajudar a relaxar os músculos, o que previne lesões e ajuda a fazer melhor os exercícios, também favorece a concentração daqueles que o realizam. Mas, será que é realmente eficaz e tem verdadeiros benefícios para a saúde?
Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Texas, foi tratado de descobrir, e realizaram um estudo cujo resultado confirma que sim, o Bikram Yoga é benéfico para a saúde. Mas os benefícios são os mesmos que se obtêm com o yuga tradicional. Nem mais, nem menos.
Os autores do estudo responderam alterações orgânicas que passavam ao longo de doze semanas de quarenta pessoas que praticavam regularmente este tipo de yoga, e outros tantos que se dedicam ao tradicional. E o que foi observado é que ambos tinham uma melhora idêntica de suas condições cardiovasculares e de sua saúde em geral. Igualmente, os resultados referentes à elasticidade obtida eram idênticos.
A pesquisa confirma que o Bikram Yoga é uma disicplina que tem efeitos positivos para a saúde. Mas que não há necessidade de realizar os exercícios em um ambiente com tanto calor, já que se obtêm os mesmos resultados, tornando-os à temperatura ambiente. Os autores do estudo afirmam que cada qual deve escolher a variante que mais lhe convier com base em outros fatores alheios à saúde (que gosta da sensação de suar muito ao fazer exercício, que já está muito familiarizado com este tipo de rotina e não querer mudar…), já que ambas são igualmente boas.

Mastigar as cápsulas solúveis de detergente: o novo desafio viral que pode acabar com sua vida

Recebe o nome de Tide Pod Challenge, que consiste em morder as pequenas bolsas de cores utilizadas para a máquina de lavar roupa, uma prática que só em 2018 tem levado a 37 jovens ao hospital nos EUA

Fonte: The Daily Meal
O desafio é simples: tomar uma cápsula solúvel de detergente líquido para máquina de lavar roupa e masticarla. Simples, certo? Mas toda uma imprudência que pode danificar os seus órgãos, com apenas um mínimo contato com sua boca. Se as empresas que as comercializam já advertem que não se utilizem estas pequenas bolsas com as mãos humedecias, imagine o dano que pode causar se põem em contato com a saliva ou órgãos internos do corpo. Parece que é algo que aconteceu a crianças de 5 anos, mas não. Trata-Se de uma nova e perigosa moda que se tornou viral na Internet, e que levou várias pessoas a irem para o hospital.

A verdade é que não se sabe quem é ou como começou este desafio a pegar fama entre os jovens, especialmente porque agora, a grande maioria dos vídeos deste tipo que se encontram no Youtube ou Instagram são de pessoas advertindo que não façam este tipo de loucuras. Assim, não se sabe o que foi, antes, o ovo ou a galinha? O certo é que existem dados reais de Comissão para a Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos, que apontam que só em 2017, cerca de 220 adolescentes foram expostos a este tipo de cápsulas, dos quais, 25% reconhece tê-lo feito de forma intencional. Não sabemos se, como causa do desafio ou pela atração que provoca a textura e as cores do produto em si, mas este número tem aumentado nestes primeiros dias de janeiro em cerca de 37 pessoas (mesmo quando o desafio voltou a tornar-se viral, após meses em pause).
Como pode dañarme ingerir detergente?
A Agência Espanhola de Consumo, Segurança Alimentar e Nutrição (AECOSAN) leva anos para advertindo sobre o poder de atração deste tipo de cápsulas em crianças “por seu colorido e de fácil manuseio”, o que faz com que tendam a levar à boca. De fato, estima-se que só em Portugal 16.000 crianças menores de 5 anos foram afetados por substâncias químicas que possuem: “Dado que o conteúdo da cápsula é liberado quando entra em contato com o líquido, ao ter uma membrana hidrossolúvel que a recobre, a criança poderia intoxicarse se a levasse à boca, pois se desfez rapidamente com a umidade. Mesmo se apenas jogado com ela”.
O simples contacto com uma cápsula já pode ser um perigo. De acordo com AECOSAN, “se esta entra em contato com os olhos pode causar conjuntivite, dor ou irritação”. No caso de que parte desse detergente chega a ser engolido os problemas podem ser mais severos: “Desde vômitos severos, tosse, dificuldade para respirar, náuseas, sonolência ou erupções cutâneas ou queimaduras”. No caso de isso acontecer, seja de forma acidental ou intencional (por este estúpido challenge), é necessário entrar em contato com o 112 ou o Centro de Controle de Intoxicações (915620420) para um primeiro atendimento e, posteriormente, ir às Urgências.

É necessário não provocar o vômito, pois os produtos químicos de cada cápsula podem variar e chegar a ser corrosivos. No caso de que lhe obliguemos a expulsar o conteúdo do estômago através da boca estaríamos expondo a criança ou adolescente a que se volte a queimar a garganta e a boca. Por isso, até que não chegue ao centro hospitalar não deve fazer nada, a não ser lavar com água as zonas em que ainda possa ficar detergente visível.
Já no hospital, o paciente deve ficar em repouso e ser-lhe-procede à lavagem de estômago com carbono ativado de acordo com a quantidade de detergente que tenha ingerido e o peso da pessoa. Desta forma, eles podem fazer com que elimine os produtos químicos (agentes tensoativos ou surfactantes, polifosfatos, silicatos solúveis, carbonato, sulfato de sódio, perboratos, entre outros), mas pode afetar outros órgãos. É importante que se acontecer algo parecido levar o produto ingerido ao hospital para que os médicos possam chegar a saber como agir, sem provocar o vômito.
Nós, desde QUO, vos pedimos que não seguirem estas modas, e se não, vede como trataram deste tema em um skech de humor do College Humor que, obviamente, não acabou bem.

Tags: desafio, redes sociais e saúde.

O polêmico médico Canavero afirma que já fez o primeiro transplante de cabeça

A suposta operação teria feito com corpos em um hospital chinês

O neurocirurgião italiano Sergio Canavero é conhecido como o doutor Frankenstein, por seu empenho em um projeto surpreendente: realizar um transplante de cabeça. Pois bem, o peculiar médico garante que a primeira fase do projeto já foi concluído com sucesso. Canavero afirma que sempre completando com sucesso o transplante de uma cabeça em outro corpo, em uma intervenção de prova realizada com dois cadáveres. Segundo afirma, a intervenção feita em Harbin Medical University, na China, e teve uma duração de dezoito horas (muito inferior, portanto, aos trinta e seis inicialmente previstas). E, segundo suas palavras, teria sido realizado com sucesso reconectar a medula espinhal, os nervos e os vasos sanguíneos.
É claro, dizer que o anúncio foi recebido com ceticismo, é ficar curto, já que Canavero não ofereceu nenhuma prova ou evidência de seu suposto realização. Apesar disso, o médico italiano afirma que a próxima etapa do projeto será realizada em breve, e consiste em transplantar um cérebro de um paciente vivo. Novamente, a hipotética operação é realizada na China.
Foi em 1954, quando o cientista soviético Vladimir Démijov realizou a primeira operação deste tipo ao trocar as cabeças de dois cães. Embora os animais só sobreviveu alguns dias. Posteriormente, em 1970, cientistas da Escola de Medicina da Universidade Case Western Reserve, transplantada a cabeça de um macaco para o corpo do outro, com o resultado de que o animal sobreviveu a um certo tempo e foi capaz, aparentemente, de conservas seus sentidos intactos. Mais recentemente, o pesquisador chinês Xiaoping Ren, conseguiu transplantar as cabeças de vários ratos, apesar de suas cobaias, só sobreviveu um dia.
E, precisamente, de acordo com Canavero, também foi Xiaoping Ren, que fez a intervenção que supostamente se acaba de fazer na China. De todas as formas, como já avançado, a comunidade científica não concede muita crédito ao anúncio feito pelo cirurgião italiano.

A farmacêutica Pfizer não continuará investigando sobre o mal de alzheimer

A partir de agora, centrar-se-ão em procurar tratamentos para doenças neurológicas raras

A empresa norte-americana Pfizer, uma das empresas líderes na indústria farmacêutica, anunciou que não continuará investigando a pesquisa de tratamentos para a doença de parkinson ou o alzheimer. A decisão já foi tomada devido à falta de resultados durante todos estes anos.
A notícia caiu como um balde de água fria em todos os órgãos mundiais relacionados com a saúde. A empresa garantiu que vai realocar o capital monetário e humano que dedicava a essa linha de pesquisa, para outra centrada nas doenças neurológicas raras. Apesar disso, esta mudança de orientação, vai implicar a perda de, pelo menos, trezentos postos de trabalho.
A empresa foi fundada em 1849 por Charles Pfizer e Charles Erhart, dois imigrantes alemães, instalados em Nova York. Seu primeiro medicamento foi a santonina, um produto que lutava os vermes intestinais. Um dos maiores marcos de sua história o conseguiram, em 1942, quando se tornaram o primeiro laboratório que começou a produzir penicilina em escala mundial. E outro em 1998, quando lançou no mercado a famosa pílula viagra, para tratar a disfunção eréctil.

Ver através da pele: a nova tecnologia dirigida a médicos e cirurgiões

Este projeto experimental da Universidade de Alberta, no Canadá, procura ajudar o setor de medicina a tratar seus pacientes, sem ter que chegar a uma cirurgia practicarles

Se há algo que você gostaria de ter para os médicos é a visão de raios X, a possibilidade de ver através da pele e os ossos de pessoas para poder saber melhor de onde vem uma dor, um sintoma, uma ruptura… Agora, um grupo de pesquisadores da universidade canadense de Alberta quer dar uma solução que não obrigue a realizar uma cirurgia invasiva no paciente.
Trata-Se de ProjectDR, um sistema de realidade aumentada que permite aos médicos e cirurgiões incluir a informação obtida por raios-x, tomografia computadorizada ou ressonância magnética em imagens projetadas sobre os corpos. Uma forma de ver através da pele, diretamente sobre o paciente: “A capacidade de projetar imagens médicas em seus corpos ajuda a quem as venha a recuperar a informação anatómica específica do paciente em um contexto, o que permite uma interpretação mais precisa”, diz Pierre Boulanger, professor do Departamento de Ciência da Computação da universidade.
“Usando este sistema em 3D, os pacientes podem ser digitalizados antes do procedimento e essas imagens podem ser usadas como guias para realizar cirurgias, incluindo a localização, em tempo real, as ferramentas usadas pelo cirurgião em relação à informação projetada. Além disso, o aspecto em tempo real do sistema permite que este alinhamento se adaptar ao movimento do paciente e que mostre imagens de vídeo, como o que é utilizado em cirurgias endoscópicas”, destaca Boulanger.
Aqui está um exemplo em vídeo de todo o seu trabalho, o qual não requer nenhum tipo de tecnologia agregada, apenas os olhos do cirurgião sobre o corpo da pessoa que vai ser operado.

Fonte: Digital Trends
Tags: biotecnologia e medicina.