Dormir de lado durante a gravidez poderia evitar a morte prematura do feto

Uma pesquisa revela que as mulheres que dormem de barriga para cima durante os últimos três meses de gravidez têm mais risco de perder o filho que esperam

O que é melhor durante a gravidez: dormir de barriga para cima ou de lado? Um estudo realizado por membros do Tania s Stillbirth Research Centre at St Mary’s Hospital, em Manchester, revela que a segunda das duas opções pode ajudar a prevenir a morte prematura do feto durante os últimos três meses de gestação.
Os autores do relatório analisaram os casos de mais de mil mulheres, parte das quais tinham perdido o filho que esperavam, enquanto que o resto haviam terminado a gravidez feliz. E notaram que aqueles que dormiam de barriga para cima durante os últimos três meses, tinham o dobro de risco de perder seu bebê.
A causa de que isto é assim ainda não se conhece com certeza, embora os especialistas suspeitam que pode dever-se a que o peso combinado do bebê e o útero pode exercer uma pressão excessiva sobre os vasos sanguíneos, impedindo que chegue sangue suficiente para o feto. Em contrapartida, ao dormir sobre um dos lados (da mesma forma que seja, o esquerdo ou o direito, já que o estudo não encontrou diferenças entre os dois casos), essa pressão é aliviada.
Os autores do estudo não querem nem que nenhuma mulher grávida entre em pânico ao acordar no meio da noite e ver que está deitada de costas, pensando que seu bebê está em risco de morte. E alertam que o mais importante é a posição em que a pessoa se deita, já que essa é a que passa a maior parte do tempo de sono, apesar de, em seguida, pode mudar durante a noite.
Ainda assim, para evitar sustos desnecessários, os médicos aconselham as grávidas, colocar travesseiros atrás das costas, para que as impeçam de se deitar sobre ela.